Barra de pesquisa

Carregando...

BEM VINDO AO NOSSO BLOG!!!

Bem vindo ao nosso blog, e que se divirtam muito tirando duvidas e vendo curiosidades e noticias impressionantes e sobrenaturais.

Você já viu alguma coisa sobrenatural?

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Quando na bíblia diz que a cor é AZUL, a cor simplesmente é AZUL e não VERDE
Caso contrário implicaria em acreditarmos que DEUS É DALTÔNICO?

Se lermos a matéria a seguir com os olhos abertos, descobriremos que segundo as leis de Moises, Jesus foi sem dúvida alguma um grande pecador.  Jesus só obedecia a própria lei: "Faça o que digo, mas não faça o que faço". Nesta matéria focaremos as Leis dos Dez Mandamentos, que foi escrita pelo próprio Deus Jeová e entregue a Moises, Êxodo 20:1-1

Lei número 1 - Não terás outros deuses além de mim.
O PECADO: Jesus se declarou filho de Deus e se colocou acima e a frente de Deus.
Leia em João 14:6 - Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vai a DEUS, senão por mim.  Jesus se declara o mais poderoso: Mateus 28: (18) -  E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Jesus aceita ser chamado de Deus: João 28: (28) -  E Tomé respondeu a Jesus: O Senhor é meu Deus (29)  Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram.

Por outro lado em conversa com o Diabo, Jesus declara que Só Deus deve ser adorado:
Lucas 4:1 7 - Se tu, pois, fizeres um ato de adoração diante de mim, tudo será teu.” (8) Em resposta, Jesus disse-lhe: “Está escrito: ‘É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar e é somente a ele que tens de prestar serviço sagrado.”

Lei número 2 - Não farás para ti imagem alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas.
Esta lei pode gerar várias interpretações é bem verdade, mas para se ter uma idéia de sua força, muitos mulçumanos não se utilizam de imagens, para fazer suas ornamentações eles se apegam a figuras geométricas e abstratas.

O PECADO: Jesus fez a impressão da imagem de sua própria face.
No livro dos Atos de Pilatos (século VI), encontramos a história da mulher conhecida pelo nome de Verônica, que enxugou com um véu o rosto de Cristo na Via Sacra. Onde ficou estampado milagrosamente a face de Cristo. Este véu  mede 17x24 centímetros,  encontra-se preservado até hoje no  Santuário do Santo Rosto, localizado no pequeno povoado dos Abruzos, nos montes Apeninos, a 200 quilômetros de Roma.

O PECADO: Jesus fez (promoveu) a impressão da imagem de seu corpo.
O Santo Sudário é o pano de linho puro, que teria sido utilizado para envolver o corpo de Jesus Cristo após sua crucificação. Mede aproximadamente 4 metros comprimento por 1 metro de largura. Encontra-se hoje na cidade de Turim, na Itália. Neste tecido encontramos a imagem do corpo de Jesus

Lei número 3 - Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão.
O PECADO: Jesus é condenado à morte por pecar e blasfemar contra as leis de Deus:
MARCOS 14 : (60)  E, levantando-se o sumo sacerdote no Sinédrio, perguntou a Jesus, dizendo: Nada respondes? Que testificam estes contra ti? (61)  Mas Jesus calou-se, e nada respondeu. O sumo sacerdote lhe tornou a perguntar, e disse-lhe: És tu o Cristo, Filho do Deus Senhor Jeová? (62)  E Jesus disse-lhe: Sim Eu sou o filho de Deus, e vereis o Filho do homem assentado à direita do poder de Deus, e vindo sobre as nuvens do céu. (63)  E o sumo sacerdote, rasgando as suas vestes, disse: - Para que necessitamos de mais testemunhas? (64)  Vós ouvistes a blasfêmia que Jesus falou; que vos parece? E todos o consideraram JESUS culpado de morte!

Está bem claro, que pelas leis de Moisés, pelas leis de Deus Jeová, leis guardadas pelos sumo sacerdotes, Jesus blasfemou e pecou, por este motivo em assembléia TODOS, eu disse TODOS condenaram Jesus a Morte!

*** O que significa blasfêmia: É difamar o nome de Deus, um pecado gravíssimo. Em épocas antigas, a punição era a condenação à morte! Durante a inquisição (1183 á 1821), A Igreja cristã, católica também usava estas mesmas leis para punir com a morte na fogueira, todos aqueles que blasfemavam contra Deus. Os mulçumanos se utiliza desta lei até os tempos atuais, aplicando a pena de morte ao pecador.
 
Lei número 4 – Guardai o sábado - Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho; mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou.

O PECADO – Jesus não guardava o sábado, nem seus discípulos guardavam o sábado.
MATEUS CAPÍTULO 12  (1)  NAQUELE tempo passou Jesus pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer. (2)  E os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que é pecado fazer num sábado.
MATEUS 12 (10)  E, estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada; e eles, para o acusarem, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados?
(12) Jesus respondeu ...É, por conseqüência, lícito fazer cura nos sábados. (13)  Então Jesus disse àquele homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e ficou curada como a outra. (14)  E os fariseus, após presenciarem que Jesus não guardava o sábado santificado, formaram conselho contra ele, para o matarem.


Lei número 5 - Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.
O PECADO :  Jesus renega sua Mãe e sua família. Apesar de Maria ter vindo de longe para vê-lo, Jesus se recusa a recebê-la.
Lucas 8:19,21 - (19) Vieram, então, ter com Ele (Jesus) sua mãe e seus irmãos, e não podiam aproximar-se dele por causa da multidão. (20) Foi-lhe dito: Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem ver-Te. (21) Ele (Jesus), porém, lhes respondeu: Minha mãe e meus irmãos são na verdade estes que ouvem a palavra de Deus e a observam.
O PECADO: Jesus renega o Pai: Jesus foge de sua família. E quando finalmente José e Maria o encontraram, a felicidade não foi correspondida por parte do menino Jesus, que simplesmente renega seu pai José, deixando-o espantado, sem entender nada.
Lucas 2: 48  Quando o viram, ficaram maravilhados, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que procedeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos a três dias.(49) - Respondeu-lhes Jesus: Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai? ( *neste trecho Jesus não aceite José como seu pai) (50) - Eles, porém, não entenderam as palavras que lhes dissera.

João 2:3-4  - E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: "Eles não têm vinho!"
4 - Respondeu-lhe Jesus: "Mulher", que tenho EU contigo? Ainda não é chegada a minha hora!.

Neste versículo, está bem claro a posição de Jesus: QUE TENHO EU CONTIGO?

Lei número 6 - Não matarás.
O PECADO: Jesus matou - Jesus aprontava tanto, que os aldeões infelizes ora o chamava de santo, ora chamavam Jesus de bruxo ou demônio. Foi por isso que, durante a sua infância, seus pais tiveram que se mudar com ele de cidade em cidade por várias vezes. No Evangelho de São Pedro e no Evangelho de Tomé o Israelita, encontramos alguns dos assassinatos cometidos por Jesus.

Evangelho de Pedro Capítulo: 46 - Um dia, o Senhor Jesus estava na beira do rio com outras crianças. Haviam cavado pequenas valas para fazer escorrer a água, formando assim pequenas poças. O Senhor Jesus havia feito doze passarinhos de barro e os havia colocado ao redor da água, três de cada lado. Era um dia de Sabbath e o filho de Hanon, o Judeu, veio e vendo-os assim entretidos, disse-lhes:
- Como podeis, em um dia de Sabbath, fazer figuras com lama?"
Ele se pôs, então, a destruir tudo. Quando o Senhor Jesus estendeu as mãos sobre os pássaros que havia moldado, eles saíram voando e cantando. Em seguida, o filho de Hanon, o Judeu, aproximou-se da poça cavada por Jesus para destruí-la, mas a água desapareceu e o Senhor Jesus disse-lhe:
- Vê como está água secou? Assim será a tua vida.
E a criança secou e MORREU


Evangelho de Pedro Capítulo: 47 - Morte Repentina
Certa noite, o Senhor Jesus voltava para casa com José, quando uma criança passou correndo na sua frente e deu-lhe um golpe tão violente que o Senhor Jesus quase caiu. Então Jesus disse a essa criança:
- Assim como tu me empurraste, você vai cais e não levantará mais.
No mesmo instante, a criança caiu no chão e morreu.

Evangelho de Pedro  Capítulo: 49 - Dize-me o que significa a letra Aleph e então eu pronunciarei Beth. O mestre, irritado, levantou a mão para bater nele, mas sua mão secou antes que tocasse em Jesus, depois instantaneamente o mestre morreu. Então José disse a Maria:  - Daqui por diante, não devemos mais deixar Jesus sair de casa, pois qualquer um que se oponha a ele é morto por suas maldições.

Evangelho de Tomé o Israelita Capítulo 3
O filho de Anãs, vendo uma poça d’água no caminho resolveu fazer um escoar da água usando um galho de vime.
Ante esta atitude do rapaz Jesus ficou irritado, pois tinha sido ele quem represou a água. E disse-lhe: Malvado, ímpio. Ficarás seco como uma árvore sem folhas, nem raiz e nem frutos. Imediatamente o rapaz secou e morreu. Os pais do morto infelizes pegaram o  corpo do rapaz e o levaram ante José maldizendo-o por ter um filho fazia coisas tão más como matar uma criança!


Evangelho de Tomé o Israelita Capítulo 4
 ... Teu Filho Jesus está matando todas as nossas crianças...

Jesus amaldiçoa: Quando Jesus via algum adulto fazendo uma maldade, costumava deixá-lo cego, doente ou aleijado. Em poucas semanas metade do vilarejo estava amaldiçoada. Quando os aldeões se acercaram da casa de José para reclamar, o menino suspendeu a maldição, dizendo:  Evangelho de Tomé o Israelita 8 - Respondeu Jesus "Vocês não sabem que eu vim ao mundo para amaldiçoá-los e depois abençoá-los".

Lei número 6 - Não adulterarás.
Será que Jesus cometeu adultério? Vamos deixar este e outros pecados para uma próxima matéria....

OBS: não quero colocar ninguém contra Deus, Jesus e nem ninguem da bíblia porque também sou cristão só quero mostrar algumas verdades.

A biblia proibida 3

Quando na bíblia diz que a cor é AZUL, a cor simplesmente é AZUL e não VERDE
Caso contrário implicaria em acreditarmos que DEUS É DALTÔNICO?

Trechos da Bíblia que causam polêmicas; verdades divinas ou erros de traduções?

Terceira Parte: A Bíblia cristã além de possuir erros grosseiros de tradução e textos que se contradizem, possui também alguns versículos que são considerados proibidos... padres e pastores fazem de tudo para evitar comentar tais textos e quando não conseguem fugir do assunto, as interpretações que surgem não convencem.

Vamos destacar apenas alguns dos mais famosos e fáceis de serem interpretados:

1- JESUS O BOM FILHO, RENEGA SUA MÃE E SUA FAMÍLIA.
2- JESUS BATEU NOS TRABALHADORES COM CHICOTE!
3- JESUS APÓIA O ADULTÉRIO?
4- CÂNCER NA ÉPOCA DE JESUS?
5- IGREJA CATÓLICA ADMITE A EXISTÊNCIA DE ERROS NA BÍBLIA!
6- TESTEMUNHAS DE JEOVÁ ALTERAM A BÍBLIA

1 - JESUS O BOM FILHO, RENEGA SUA MÃE E SUA FAMÍLIA.
No versículo Lucas 8:19-21, Jesus renega sua Mãe e sua família. Apesar de Maria ter vindo de longe para vê-lo, Jesus se recusa a recebê-la.

Lucas 8:19,21 - (19) Vieram, então, ter com Ele (Jesus) sua mãe e seus irmãos, e não podiam aproximar-se dele por causa da multidão. (20) Foi-lhe dito: Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem ver-Te. (21) Ele (Jesus), porém, lhes respondeu: Minha mãe e meus irmãos são na verdade estes que ouvem a palavra de Deus e a observam.
Para quem ficou espantado com esta afirmação Bíblica, não fique pensando que isto é um caso isolado, existem outros versículos nos quais Jesus maltrata sua mãe ou renega sua família. Vamos destacar, por exemplo: Lucas 2:42-50, onde Jesus foge de sua família. E quando finalmente José e Maria o encontraram, a felicidade não foi correspondida por parte do menino Jesus, que simplesmente renega seu pai José, deixando-o espantado, sem entender nada. Imagine a aflição de uma mãe (pai) procurando seu filho perdido durante 3 dias... talvez o leitor não compreenda, pois somente uma mãe (um pai) sabe o que é perdeu seu filho único.

Lucas 2:42-50
42 - Quando Jesus completou doze anos, subiram eles segundo o costume da festa;
43 - e, terminados aqueles dias, ao regressarem, ficou o menino Jesus em Jerusalém sem o saberem seus pais;
44 - julgando, porém, que estivesse entre os companheiros de viagem, andaram caminho de um dia, e o procuravam entre os parentes e conhecidos;
45 - e não o achando, voltaram a Jerusalém em busca dele.
46 - E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, sentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os.
47 - E todos os que o ouviam se admiravam da sua inteligência e das suas respostas.
48  Quando o viram, ficaram maravilhados, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que procedeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.
49 - Respondeu-lhes ele: Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai?
50 - Eles, porém, não entenderam as palavras que lhes dissera.


Jesus e Maria ficaram triste com a resposta de Jesus! Por que Jesus fugiu abandonando seus pais, sua família? Por que Jesus renegou se pai José e em público? Tratar a família com tamanha cordialidade é uma das principais qualidades de Jesus, veja outros versículos:

João 2:3-4
3 - E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho.
4 - Respondeu-lhes Jesus: Mulher, que tenho EU contigo? Ainda não é chegada a minha hora.


Neste versículo, está bem claro como Jesus renega sua Mãe QUE TENHO EU CONTIGO?
Para amenizar este tipo de cordialidade. o pronome e EU foi trocado por NÓS em algumas bíblias

(Traduções da Bíblia versão Imprimatur) João 2:4
4 - Respondeu-lhe Jesus: O que temos NÓS com isso Mulher? Ainda não é chegada a minha hora.

Explicação: Nesta Tradução Jesus e sua Mãe estariam na condição de convidados, por tanto o que Jesus disse era conveniente à situação: como convidados, eles não são responsáveis pela organização da festa. Mas infelizmente, apesar da tentativa de se trocar o pronome EU por NÓS a fim de se amenizar o impacto final do versículo, a frase ainda ficou um pouco arrogante. O Termo "MULHER", ao se referir a sua mãe, não é muito educado... Alguns cristãos mais afoitos sugerem que Jesus na verdade queria dizer " Minha amada e respeitada Mãe", com a expressão "MULHER", que é um termo mais íntimo e familiar ... mas será que isso cola ??
Faça uma experiência: Tente fazer a seguinte experiência: quando sua mãe for Pedir-lhe um favor, faça como Jesus: Chame sua Mãe de Mulher e diga-lhe: Mulher, O que Eu tenho com isso?... Será que sua Mãe vai gostar desta resposta? Escreva para nós e diga qual foi à reação dela! Se ele gosto do modo como você falou com ela?

EXPLICAÇÕES: Este versículo é um prato cheio para os evangélicos, que são contra a veneração de Maria pelos católicos. Segundo eles: porque venerar tanto Maria? Veja o exemplo de Jesus! Outra explicação: A sociedade na época de Jesus era patriarcal e a mulher ficava mesmo no segundo plano social. O uso do termo "Mulher" era comum na época, portando não seria uma expressão arrogante e sim algo comum entre os judeus.

2 - JESUS BATEU NOS TRABALHADORES COM CHICOTE!
Jesus num gesto raivoso pegou um chicote a bateu em diversos trabalhadores, eram vendedores ambulantes, que além de levarem uma surra de Jesus, tiveram suas mercadorias e bancas destruídas. (o que representa um prejuízo patrimonial). Em épocas de festas, o ponto de encontro entre fiéis e forasteiros era junto ao TEMPLO JUDAICO. Portanto o melhor ponto para o comércio. E era ali que várias pessoas “pobres” buscavam na venda de mercadorias e artesanatos o sustento de suas famílias. Estes comerciantes em sua maioria, não eram crentes e nem freqüentavam a sinagoga, tão pouco conheciam as recentes verdades pregadas por Jesus.

João 2:13-15
13 - Estando próxima a páscoa dos judeus, Jesus subiu a Jerusalém.
14 - E achou no templo os que vendiam bois, ovelhas e pombas, e também os cambistas ali sentados;
15 - e tendo feito um azorrague de cordas, lançou todos fora do templo, bem como as ovelhas e os bois; e espalhou o dinheiro dos cambistas, e virou-lhes as mesas;


Os comerciantes não estavam DENTRO DO TEMPLO propriamente dito, eles estavam NA ÁREA DO TEMPLO.

"Atualmente todas as igrejas católica ou evangélica possuem em sua área algum tipo de cantina ou lojinha de livros, CDs,... e pelo que sabemos isto é um tipo de comercio." Se realmente esta ação de Jesus, representasse “uma verdade”, não seria conveniente que as igrejas evangélicas e católica proibissem o comércio dentro de seus templos?

3 - JESUS APÓIA O ADULTÉRIO?
Segundo as leis de Moises, o adultério é um grande pecado e deve ser punido.
Neste caso em especial, apesar da mulher ter sido pega em flagrante, Jesus a perdoou:

João 8:10-11
10 -  Então, erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém senão a mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
11 -  Respondeu ela: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu te condeno; vai-te, e não peques mais.


O que chama mais atenção neste versículo é a desobediência ás leis de Moises... 
Veja as leis que foram escritas por DEUS (JAVÉ) de próprio punho.. confira em:
ÊXODO 20:11 - Não cometerás adultérios.

4 - CÂNCER NA ÉPOCA DE JESUS?
Neste trecho vemos a citação da doença gangrena.

II Timíoteo 2:17 -  e as suas palavras alastrarão como gangrena; entre os quais estão Himeneu e Fileto,

Porém em algumas traduções evangélicas da bíblia, esta mesma palavra é substituída por outra, o CÂNCER, não precisa ser um médico para entender que um câncer é algo muito diferente de uma gangrena.

II Timíoteo 2:17 - e as suas palavras alastrarão como câncer; entre os quais estão Himeneu e Fileto,
Não que isto signifique uma alteração significativa no contexto da mensagem... o que queremos destacar aqui é:
1 - Você acha correto que o tradutor dos textos bíblicos troque uma palavra por outra que não existe na bíblia??
2 - Até que ponto erros e alterações propositais podem interferir na interpretação dos textos sagrados??

A terminologia CÂNCER não existia na época de Jesus, seu uso na Bíblia é totalmente inconveniente e maldoso, sugere que naquela época já havia o conhecimento sobre a doença, o que é um algo mentiroso e malicioso. Uma coisa É FATO, as alterações são tantas que finalmente alguém teve coragem de admiti-las... A Igreja católica foi à pioneira (entre aspas é claro), confira a seguir:

5 - IGREJA CATÓLICA ADMITE A EXISTÊNCIA DE ERROS NA BÍBLIA
O Livro "Como muda a Bíblia" introduz uma nova tradução dos textos gregos e hebraicos para o italiano. E tem o apoio da Conferência Episcopal Italiana (CEI). Órgão da Igreja Católica Apostólica Romana. Esta é apenas uma das mudanças que deverão ser introduzidas no novo texto da bíblia. Este trabalho é um aperfeiçoamento da tradução de 1974. Conta com especialistas em línguas antigas, historiadores e teólogos.

Uma das correções da bíblia:
Quando o enviado de Deus, Anjo Gabriel, entrou na casa de Maria, disse: (Lucas 1,28): - Salve, ó cheia de graça!

Na bíblia católica você encontra a palavra AVE que vem do Latim, ave interjeição significa "Salve!" "Deus te salve!", "eu te saúdo!" Por isso o Ave no Lugar de Salve. Segundo a nova tradução o tempo e o verbo grego usado neste momento não seria 'salve' nem 'ave' e sim "alegrar-se", portanto a frase correta é:

Alegra-te, ó cheia de graça!

"Cheia de graça" quer dizer que Maria era uma pessoa escolhida para merecer as graças de Deus. O Curioso é que os termos AVE e SALVE, não eram saudações usadas pelo povo judeu, povo de Maria... Porque então o Anjo Gabriel daria uma notícia tão importante a Maria em um outro idioma se não o dela? O Uso do 'Ave' ou 'Salve' realmente é totalmente impróprio.

5 - TESTEMUNHAS DE JEOVÁ ALTERAM A BÍBLIA
Uma das alterações bíblicas mais explícitas e convenientes é aquela adotada pelas Testemunhas de Jeová (TJ). Compare:

Bíblia versão evangélica: Salmo 83:18 Para que saibam que só tu, cujo nome é o Senhor, és o Altíssimo sobre toda a terra.

Bíblia católica Versão Imprimatur Salmo 83:18 Para que todos saibam que só Vós Vos chamais Deus Vós sois o único o Altíssimo sobre toda a terra.

Bíblia versão das testemunhas de Jeová (tradução de João Ferreira de Almeida)
Salmo 83:18 Para que saibam que Tu, a quem só pertence o nome de Jeová, és o altíssimo sobre toda a terra.

O caro leitor poderia até indagar que não houve alterações no sentido da frase... e isto é verdade, mas não estamos falando exatamente neste caso isolado, isto é apenas a ponta de um iceberg. Os Testemunhas de Jeová trocaram na bíblia quase todas as palavras que se referem a Deus, como Senhor, Deus, Criador, Pai, JHVH,  ... pelo conveniente nome JEOVÁ, fazendo um total de 7000 alterações propositais. Um número gigante que tem como finalidade exclusiva provar que: Se na bíblia que só diz a verdade, temos 7000 citações ao nome JEOVÁ, isto prova que (segundo os TJs): o nome de Deus é JEOVÁ é ponto final!

Porém a verdade é outra: não existe sequer uma única citação do nome JEOVÁ na Bíblia.  Sim é isso mesmo... Enquanto que os TJs afirma ter 7000 citações do nome JEOVÁ nos pergaminhos originais da bíblia, esta palavra não foi citada uma única vez! E você sabe porque? Simplesmente porque: a palavra Jeová não existe, ela foi criada por estudiosos em base de uma sigla JHVH, Esta mesma sigla originou também outros nomes, como JAVÉ e IAVÉ... (Sobre o verdadeiro nome de Deus falaremos em outra matéria!)

OBS: não quero colocar ninguém contra Deus, Jesus entre outros por que também sou cristão só quero mostrar algumas verdades.

A biblia proibida 2

Quando na bíblia diz que a cor é AZUL, a cor simplesmente é AZUL e não VERDE
Caso contrário implicaria em acreditarmos que DEUS É DALTÔNICO?

Trechos da Bíblia que causam polêmicas; verdades divinas ou erros de tradução?
Segunda Parte: A Bíblia cristã além de possuir erros grosseiros de tradução e textos que se contradizem, possui também alguns versículos que são considerados proibidos... padres e pastores fazem de tudo para evitar e comentar tais textos e quando não conseguem fugir do assunto, suas argumentações são vagas e sem nexo.
Vamos destacar apenas alguns itens entre os mais famosos e fáceis de serem interpretados:
1 - GIGANTES NA TERRA?
2 - NOÉ MATA OS ANIMAIS DA ARCA!
3 - JEOVÁ GOSTA DO CHEIRO DE CARNE MORTA!
4 - O JUMENTO QUE FALAVA A LÍNGUA DOS HOMENS.
5 - O REI QUE NÃO TEVE PAI NEM MÃE PARA NASCER.
6 - JESUS AMALDIÇOA!
1 - GIGANTES NA TERRA?
Algumas passagens bíblicas relatam a existência de homens gigantes no passado da terra, para exemplo destacamos: GÊNESIS 6:4  "Naquele tempo havia gigantes na terra."No mínimo esta afirmação é muito curiosa, afinal não há nenhum tipo de registro arqueológico que prove que algum dia existiu tais seres. O que existem são lendas e contos.

2 - NOÉ MATA OS ANIMAIS DA ARCA!
Depois que a terra foi varrida pelo dilúvio ... Somente se salvaram; Noé, sua família e os animais da arca (dois de cada espécie). Imagine a seguinte cena feliz: GÊNESIS 8:25 "Noé saiu com seus filhos, a sua esposa e as mulheres de seus filhos, juntamente com; todos os animais selvagens, todos os répteis, todas as aves, todos seres que se movem sobre a terra, segundo suas espécies saíram da arca...." Até ai todo mundo conhece a história... Mas você saberia dizer o que Noé fez com os animais da arca? Se você pensou em um final feliz para esta história... errou! Nóe simplesmente matou quase todos os animais que desceram da Arca! Em alguns textos antigos é descrito o sacrifício de um animal de cada espécie!.. Ora, se fosse assim, como poderia haver a procriação?? ? Bem, dos erros os menores, na Bíblia atual o texto informa que logo após todos saírem da arca, Noé tratou de matar todos os animais e aves puros... muito estranho?! Vale a pena conferir o trecho na bíblia: GÊNESIS 8:20 Nóe construiu um altar ao Senhor e de todos os animais puros e de todas as aves puras, ofereceu holocausto no altar (sacrificou os animais no altar)
3 - JEOVÁ GOSTA DO CHEIRO DE CARNE MORTA!
Este é outro fato bíblico muito estranho, onde Deus (Jeová/Javé) demonstra gostar do cheiro de animais mortos... É meio bizarro, mas fazer o que?! Está na Bíblia! Confira em: GÊNESIS 8:21 O Senhor Jeová sentiu o agradável cheiro dos animais sacrificados...
4 - O JUMENTO QUE FALAVA A LÍNGUA DOS HOMENS
Uma jumenta após ter apanhando de seu dono por três vezes, pergunta-lhe, o motivo da surra (falando provavelmente em hebreu) seu dono curiosamente não acha nada estranho este milagre, pelo contrário, discuti com a jumenta na maior naturalidade! Confira em:

NÚMEROS 22:21-30  (28) Nisso abriu o Senhor a boca da jumenta, a qual perguntou a Balaão (Balaam): Que te fiz eu, para que me espancasses estas três vezes? (29) Respondeu Balaão à jumenta: Porque zombaste de mim; oxalá tivesse eu uma espada na mão, pois agora te mataria. (30) A jumenta respondeu a Balaão: Porventura não sou a tua jumenta, em que cavalgaste toda a tua vida até hoje? Porventura tem sido o meu costume fazer assim para contigo? E ele respondeu: Não.
A bíblia insinua que este diálogo teria ocorrido realmente...  só fica o bom senso para separar o real do folclórico.
EXPLICAÇÃO: "Segundo notas e observações da Bíblia católica versão da Imprimatur traduzida pelos missionários capuchinhos de Lisboa: Os exegetas interpretam de várias maneiras o modo de falar da jumenta, mais a maioria acredita que tratasse de uma lenda, um texto folclórico. "Esta discussão poderia ir além, afinal este capítula da bíblia é bem longo, por isso vou deixar em destaque apenas o milagre da "jumenta que falava."
5 - O REI QUE NÃO TEVE PAI NEM MÃE PARA NASCER
Este Melquesedeque é poderoso! Jesus não precisou de pai para vir a terra, somente de Maria. Agora Melquesedeque, nasceu, sem mãe, sem pai e sem genealogia.... Ele simplesmente surgiu??? Confira em: HEBREUS [7:1,2,3] 1 Porque este Melquisedeque, rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, que saiu ao encontro de Abraão quando este regressava da matança dos reis, e o abençoou, 2 a quem também Abraão separou o dízimo de tudo (sendo primeiramente, por interpretação do seu nome, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz; 3 sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas feito semelhante ao Filho de Deus), permanece sacerdote para sempre.
6 - JESUS AMALDIÇOA!
Que Jesus amaldiçoava, isto todos os cristãos que conhecem os evangelhos apócrifos estão cansados de saber. Durante a infância de Cristo, um de seus passatempos prediletos era amaldiçoar... para não criar mais polêmicas, vamos deixar a análise dos manuscritos apócrifos para outra ocasião.
O concílio de Nicéia século III, tratou de tirar da bíblia todos os textos que considerava ofensivo a pessoa de Jesus ou mesmos falsos... assim as maldições de Jesus ficaram conhecidas como textos apócrifos.. mas por descuido ou quem sabe por um propósito divido, uma das maldições passou pela censura dos bispos e foi parar junto aos textos canônicos! Não importa se sua bíblia é evangélica ou católica, por certo ela contém os versículos da maldição. confira em: MARCOS 11:12-14, 20-21; Jesus amaldiçoa e seca uma figueira só porque ela não estava dando frutos fora da estação.
MARCOS 11:12-14, 20-21  - No dia seguinte, depois de saírem de Betânia teve fome,
(13) e avistando de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se, porventura, acharia nela alguma coisa; e chegando a ela, nada achou senão folhas, porque não era tempo de figos. (14) E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E seus discípulos ouviram isso. (20) Quando passavam na manhã seguinte, viram que a figueira tinha secado desde as raízes. (21) Então Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Olha, Mestre, secou-se a figueira que amaldiçoaste. ( No trecho seguinte, Jesus explica como é fácil e correto amaldiçoar!?)  (22) Respondeu-lhes Jesus: Tende fé em Deus. (23 )Em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar; e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, assim lhe será feito. (24) Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que o recebereis, e tê-lo-eis.

Este desenho mostra Jesus Cristo amaldiçoando a figueira

OBS: não quero deixar ninguém contra Deus, Jesus e seus ensinamentos pelo contrarios sou cristão mas quero mostrar a voces que aconteceu de verdade.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

A biblia proibida 1

Quando na bíblia diz que a cor é AZUL, a cor simplesmente é AZUL e não VERDE
Caso contrário implicaria em acreditarmos que DEUS É DALTÔNICO?

A Bíblia cristã além de possuir erros grosseiros de tradução e textos que se contradizem, possui também alguns versículos que são considerados proibidos... padres e pastores fazem de tudo para evitar comentar tais textos e quando não conseguem fugir do assunto, as interpretações que surgem não convencem.



1 - A ÉPOCA EM QUE CENTENAS DE MORTOS RESSUSCITARAM
Todo o bom cristão sabe que Cristo ressuscitou no terceiro dia... Muitos pensam que somente Jesus venceu a morte... Poucos sabem, fato Bíblico,  que Jesus não foi o único a ressuscitar, isto mesmo! .. Jesus foi apenas um dos milhares e milhares de mortos que ressuscitarem naquela época.
Não estamos falando de Lázaro que venceu a morte por intermédio de Cristo, estamos nos referindo ao período que ficou conhecido com a época em que os morto se levantaram.
Inacreditável!! Centenas e centenas de mortos saíram de seus túmulos e invadiram as cidades... Infelizmente a bíblia não nos dá muito detalhe sobre este terrível dia em que os falecidos venceram a morte e caminharam pela terra ... Não deixe de conferir ... corra pegue sua bíblia; tradução católica ou protestante (evangélico) .... abra em Mateus 27 versículo 52, onde você vai ler: (após a morte de Jesus na cruz)  Mateus 27 - Versículo (52) - "Abriram-se os túmulos e muitos corpos santos QUE ESTAVAM MORTOS RESSUSCITAM, (53) e saindo dos túmulos depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa (Jerusalém) e apareceram a muitos."
Isto quer dizer que  muitos dos mortos começaram a ressuscitarem depois da morte de Cristo e  outros muitos ressuscitaram depois da ressurreição de Jesus.
EXPLICAÇÃO:  Segundo notas e observações da Bíblia católica versão da Imprimatur traduzida pelos missionários capuchinhos de Lisboa: Uma possível explicação seria: "Este dia da ressurreição dos mortos foi o cumprimento do dia de Jeová, o dia do juízo final, quando os escolhidos (homens e mulheres de bem) voltariam a vida e viveriam para sempre."
Ora, Ora... Se neste dia todos os ressuscitamos foram pessoas santas e estas ganharam a vida eterna ... então não foi só Jesus quem venceu a morte e ficou vivo?! Onde estão todos este mortos ressuscitados para a vida eterna, morreram DE NOVO?!! Que sina! Morreram novamente!!!  Outra: esta explicação insinua que este período foi uma espécie de ensaio do Juízo Final, quando as pessoas santas ressuscitarão para a vida eterna. Mas será que Deus precisa mesmo de um ensaio?
2 - OUTRAS CIDADES NO MUNDO FORAM INVADIDAS PELOS MORTOS
No Livro de Mórmon este assunto vai mais além: Depois que Jesus Cristo se levantou do túmulo, outras pessoas justas que haviam morrido também ressuscitaram. Elas apareceram não somente em Jerusalém, mas também no Continente Americano (Nos Estados Unidos e até no Brasil antes deles serem colonizados é claro) (ver Mateus 27 Néfi 23:9). Isso ficou conhecido como a época da Ressurreição. Algumas pessoas continuaram ressuscitando desde então. Os que já ressuscitaram naquela época herdaram a glória do reino celestial. Confira no Livro de Mórmon 3 Néfi 23:9- 13  (9)- Disse Jesus: Em verdade vos digo que ordenei ao meu servo Samuel, o lamanita, que testificasse a este povo que no dia em que o Pai (Deus) glorificasse seu nome em Mim (Jesus) muitos santos se levantariam dentre os mortos e apareceriam a muitos e ministrariam entre eles. E Jesus perguntou-lhes: - Não foi assim? E seus discípulos responderam: -Sim senhor, esta profecia se cumpriu.... (OBS: Jesus queria saber porque os discípulos não escreveram sobre a época em que os mortos ressuscitaram) (11 )- E Jesus disse: Por que razão não escrevestes que muitos santos se levantaram (ressuscitaram) e apareceram a muitos e ministraram entre eles? (OBS: Nefí alega ter esquecimento deste fato... ou eles acharam que não deveriam escrever sobre este assunto) (13) E Jesus então ordenou que fosse escrito; por conseguinte foi escrito como Ele ordenou.
Segundo a Bíblia, os mortos se levantaram e foram para a cidade de Jerusalém. Já no Livro de Mórmon é revelado que muitos mortos também ressuscitaram nas Américas, caminharam pela terra e ministraram o evangelho ao povo vivo.
Faça sua experiência:
Tente descobrir com seu pastor, padre, élder o que significa estes versículos: - Mateus 27 - Versículo (52) - Néfi 23:9

3 - O FILHO MAIS VELHO QUE O PAI
Esta fantástica revelação bíblica está em CRÔNICAS II 21:20, 22:1-2 - Onde temos a história de ACAZIAS (Ocozias) que era 2 anos mais velho que seu pai Pegue a sua Bíblia e confira CRÔNICAS II 21:20 Jorão tinha 32 anos quando começou a reinar e reinou 8 anos em Jerusalém (32+8=40), Morreu sem ser chorado por ninguém. Sepultaram-no na cidade de Davi, mas não no sepulcro dos reis. (Quem morreu era Jorão veja CRÔNICAS II 16)
CRÔNICAS II 21:1-2 Os habitantes de Jerusalém proclamaram rei Ocozias, filho mais novo de Jorão (o rei que morreu com 40 anos), pois os árabes tinham invadido o acampamento e assassinaram os mais velhos. Assim Ocozias, filho de Jorão Tornou-se rei de Judá. Tinha 42 anos quando se começou a reinar e reinou por um ano.
EXPLICAÇÃO: Segundo alguns sacerdotes, os habitantes Jerusalém se esqueceram que tinham que nomear o sucessor do Rei Jorão ... este esquecimento durou décadas, somente quando os árabes invadiram o acampamento foi que eles se lembraram que Ocozias era o príncipe filho do Rei...?!! Mas a bíblia não fala nada sobre este esquecimento, dando a impressão de que Jorão morreu com 40 anos e logo em seguida seu filho foi nomeado Rei (com 42 anos)
4 - JESUS TINHA IRMÃOS
Em Mateus 13:55-56 lê-se a o seguinte: "Não é este o filho do carpinteiro? E não se chama sua Mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, e José, e Simão, e Judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe veio pois tudo isso?"  Este texto é apenas um dos que fala da família de Jesus e seus irmão... os católicos não gostam muito deste versículo, afinal eles cultuam MARIA como sendo a Imaculada... Mas como ela poderia permanecer virgem depois de tantos filhos??
EXPLICAÇÃO: Naquela época, a palavra irmão significava, vizinho, primo, amigo, tio, cunhado, desconhecido e tudo mais... atualmente em algumas igrejas evangélicas os termos irmão e irmão são usados para designar pessoas estranhas, que não são da família mas pertença mesma igreja. Os quem não pertence à igreja são considerados "pessoas do mundo".
5 - OS MORTOS FALAM COM OS VIVOS
O texto a seguir é uma exaltação aos videntes e adivinhos: Saul desesperado tenta obter uma resposta com Deus, mas este não lhe responde, então procura pelos sacerdotes, e nada! Somente através de a uma vidente, consegue uma resposta...Vamos ler na Bíblia, esta história é interessante e muito fácil de compreender:
I Samuel 28:3-25  (3) Samuel falecerá e todo o Israel chorava sua morte...
(5) Ao ver o exército dos falisteus, Saul inquietou-se e teve grande medo. (6) E consultou o Senhor Deus, o qual não lhe respondeu nem pelos sonhos, nem pelos sacerdotes, nem pelos profetas.  (7) Saul disse aos seus servos: Buscai-me uma necromante (vidente que fala com os mortos) para que eu a consulte. Responderam-lhe eles: Há uma em Endor. (8) Saul disfarçou-se, mudou de roupa, e pôs-se a caminho com os dois servos. Chegaram a noite a casa da mulher. Saul disse-lhe: Prediz-me o futuro, evocando um morto, e faze-me aparecer quem, eu designar. (9) Respondeu-lhe a mulher: Bem sabe o que fez Saul, ao expulsar os magos e os adivinhos. Porque me armas ciladas para me matar? (10) Mas Saul jurou-lhe pelo Senhor Deus todo poderoso, dizendo: Por Deus, não lhe acontecerá mal algum. (11) Disse-lhe então a mulher: a quem invocarei? Respondeu-lhe Saul: Faz com que me apareça Samuel. (12) Vendo, pois, a mulher a Samuel, gritou em alta voz, e falou a Saul, dizendo: Por que me enganaste? pois tu mesmo és Saul.(A vidente fica com medo, afinal foi o próprio Saul quem expulsou os magos e adivinhos da cidade)  (13) Ao que o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher respondeu a Saul: Vejo um deus que vem subindo de dentro da terra. (14 ) Perguntou-lhe ele: Qual é o seu aspecto? E disse ela: Vem subindo um ancião, e está envolto num manto. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e lhe fez reverência. (15) Samuel (o morto) disse a Saul: Por que perturbaste meu repouso, fazendo-me vir aqui? Então disse Saul: Estou muito angustiado, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e já não me responde, nem por intermédio dos profetas nem por sonhos; por isso te chamei, para que me faças saber o que hei de fazer. (16 ) Então disse Samuel (o morto): Por que me consultas, uma vez que Deus se retirou de ti, tornando-se teu adversário?  (17) O Senhor fez como tinha anunciado pela minha boca; o Senhor tirará o reino da tua mão, para dar ao teu próximo, a Davi. (18) Porquanto não deste ouvidos à voz do Senhor, e não executaste e furor da sua ira contra Amalec, eis porque o Senhor Deus te tratou como fez hoje. (19) E o Senhor entregará Israel juntamente contigo nas mãos dos filisteus. Amanhã tu e teus filhos estareis comigo, e o Senhor Deus entregará o exército de Israel aos filisteus. (20) Imediatamente Saul caiu estendido por terra, tomado de grande medo por causa das palavras de Samuel; e não houve força nele, porque nada havia comido todo aquele dia e toda aquela noite. (21) Então a mulher se aproximou de Saul e, vendo que estava tão perturbado, disse-lhe: Eis que a tua serva deu ouvidos à tua voz; pus a minha vida na minha mão, dando ouvidos às palavras que disseste. (22) Agora, pois, ouve também tu as palavras da tua serva, e permite que eu ponha um bocado de pão diante de ti; come, para que tenhas forças quando te puseres a caminho. (23) Ele, porém, recusou, dizendo: Não comerei. No entanto, aceitou os apelos dos seus servos e da mulher; e levantando-se do chão, sentou-se na cama. (24) A mulher tinha em casa um bezerro cevado; apressou-se, pois, e o degolou; também tomou farinha, e a amassou, e a cozeu em bolos ázimos. (25) Então pôs tudo diante de Saul e de seus servos; e eles comeram. Depois levantaram-se e partiram naquela mesma noite.

Em I Samuel 31: 1-6, você confere a concretização da profecia da vidente, Saul e seus filhos morrem!
EXPLICAÇÃO: Segundo notas e observações da Bíblia católica versão da Imprimatur traduzida pelos missionários capuchinhos de Lisboa: "diz: Que apesar de ser proibido consultar magos e adivinhos, nesta passagem DEUS o todo poderoso permitiu que SAMUEL falasse com SAUL através da Vidente Necromante!"
Ora, isto quer dizer que: alguns médiuns, magos, videntes realmente podem falar com os Mortos !!!??? Deus permite e apoio esta conversa?! Para os evangélicos, foi um demônio disfarçado de Samuel que falou com SAUL... Mas note que o suposto demônio repetiu apenas o que DEUS já havia falado com Saul, e depois sua profecia se concretizou em I Samuel 31: 1-6
Faça sua pesquisa:
- O que você acha que um padre ou pastor diria sobre esta passagem bíblica?
*Nota: esta é uma das passagens prediletas dos magos e das bruxas
6- JESUS ERA UM NECROMANTE (VIDENTE QUE FALA COM OS MORTOS)
Em outra texto fantástico, Jesus fala com 2 mortos transfigurados (fantasmas)

Imagem de Jesus falando com os fantasmas de Moisés e Elias e as testemunhas.
Confira em Mateus 17:1-4: (1) Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago e a João, irmão deste, e os conduziu à parte a um alto monte; (2) e foi transfigurado (apareceu) diante deles; o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. (3) E eis que lhes apareceram (Transfigurou-se) Moisés e Elias (os dois estavam mortos), falando com ele. (4) Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, farei aqui três cabanas, uma para ti, outra para Moisés (o morto), e outra para Elias (o morto).
EXPLICAÇÃO: Alguns sacerdotes afirmam, que não foi uma aparição de mortos (fantasmas) trata-se de um sonho, uma visão.... mas como explicar; Pedro , Tiago e João tiveram a mesma visão?
Para os evangélicos a explicação é pior ainda... Os evangélicos acreditam que Jesus não tina nada o que fazer, então foi até o monte e modelou (transfigurou) milagrosamente a imagem de dois mortos e como manipulador de bonecos de fantoches, Jesus interagiu com eles e até fez-se de ventríloquo, afinal PEDRO, TIAGO e JOÃO OUVIRAM OS FANTACHOS FALAREM COM JESUS...
Que coisa estranha.. não seria mais fácil acreditarmos que Jesus o todo poderoso, falou realmente com dois profetas já falecido! Afinal é o que está escrito claramente na bíblia. Até Pedro e os outros que testemunharam, acreditaram que realmente Jesus estava falando com os profetas mortos. Por não acreditarmos atmbém? Pense bem: Se Jesus ressuscitou os mortos, porque Jesus não pode falar com os mortos?
*  Nota: Esta é uma das passagens prediletas dos espíritas



Anjos celestes

Nomes dos principais Anjos Celestes e suas atribuições:

A hierarquia dos Anjos Celestes é dividida em Reinos, Principados, Domínios... seguindo o exemplo da cabala dos anjos. Há anjos patronos e governantes de países e regiões, do mesmo modo que há santos patronos e padroeiros.

Os nomes e atribuições aqui relacionados estão baseados nas tradições cristãs, judaicas e mulçumanas, podendo variar de acordo com seitas e outros grupos de pesquisadores.

Príncipes Celestiais:
GABRIEL - GEBHER
Príncipe dos Anjos é o mais poderoso de toda a hierarquia angelical, é considerado um divino Elohim. Seu poder é equiparado ao de Lúcifer e ao do Próprio Deus Criador. Foi ela quem fez a anunciação do nascimento de Jesus a Maria. È o Anjo protetor de Jesus e do Profeta Mohammad (Maomé).  Seu nome significa O MENSAGEIRO. Além de possuir forte influência sobre os demais seres celestiais, possui domínio direto estão os Anjos: DAMABIAH, MANAKEL, AYEL, HABUHIAH, ROCHEL, YABAMIAH, HAIAEL, MUMIAH

METATRON
É um Elohin Anjo de Luz, príncipe de todos os Serafins,  governante das forças da criação e Rei dos Anjos. Por isso possui um grande poder de dimensões globais. Seu poder é equiparado ao de Lúcifer e ao do Próprio Deus Criador. É um anjo de proteção e força; Tem sobre seu domínio direto os seguintes anjos: VEHUIAH, JELIEL, SITAEL, ELEMIAH, MAHASIAH, LELAHEL, ACHACHIAH, CAHETHAL

MIGUEL -  MIKAEL
Príncipe dos arcanjos. Também é um Elohim com poderes equiparados ao de Deus. Foi ele com sua espada que liderou os celestes na guerra do Anjos, a qual terminou com a expulsão de Lúcifer do céu. Pela lâmina de sua espada muitos anjos caídos morreram. É sempre representado ornamentado com um escudo e uma espada:  Sobre seu domínio direto estão os Arcanjos: NEMAMIAH, IEIALEL, HARAHEL, MITZRAEL, UMABEL, IAHHEL, ANAUEL, MEHIEL

RAPHAEL – RAFAEL
Príncipe das Virtudes é um anjo guerreiro de grande poder, representado geralmente com uma espada na mão ou com um com arco e flecha. Foi Raphael quem subjugou e amarrou o poderoso Anjo Caído AZAZYEL, após este ter desafiado  Gabriel e Miguel. RAPHAEL atua na cura e o Anjo protetor dos médicos, por este motivo às vezes é representado segurando um frasco de bálsamo, óleo da cura. Sobre seu domínio direto estão os Anjos:  HAHAHEL, MIKAEL (anjo da virtude), VEULIAH, YELAIAH, SEALIAH, ARIEL, ASALIAH, MIHAEL

HANIEL
É um Elohin Príncipe dos principados, rege a graça de Deus. È um grande guerreiro na luta contra o mal, também tem forte influencia sobre o amor. Sobre seu domínio direto estão os Anjos: VEHUEL, DANIEL, HAHASIAH, IMAMAIAH, NANAEL, NITHAEL, MEBAHIAN, POIEL e Anjos CÚPIDOS.

RAZIEL - HAZIEL
Príncipe dos querubins é o anjo do conhecimento e guardião dos segredos de Deus. Sobre seu domínio direto estão os Anjos:  HAZIEL, ALADIAH, LAOVIAH, HAHAHIAH, YESALEL, MEBAHEL, HARIEL, HEKAMIAH

CAMAEL
Príncipe das Potências, auxiliar nas ações da força de Deus. Sua principal função é transmitir a força de Deus aos demais anjos, principalmente aos anjos de Potências. Sobre seu domínio direto estão os Anjos: IEHUIAH, LEHAHIAH, CHAVAKIAH, MENADEL, ANIEL, HAAMIAH, REHAEL, IEIAZEL

TSAPHKIEL – AURIEL
Príncipe dos tronos é o Anjo da Noite. Seu elemento é a terra, símbolo da criação. Seu poder de ação no mundo está associado aos terremotos.  Sobre seu domínio direto estão os Anjos: LAUVIAH, CALIEL, LEUVIAH, PALALIAH, NELCHAEL, IEIAIEL, MELAHEL, HAHEUIAH

TSADKIEL
Rege as Dominações é o anjo do fogo, da profecia e das revelações. Sobre seu domínio direto estão os Anjos: NITHHAIAH, HAAIAH, IERATHEL, SEHEIAH, REYEL. OMAEL, LECABEL, VASAHIAH

(Elohin são anjos que estão bem mais próximos de Deus, geralmente os Príncipes são considerados Elohin)

ANJOS - Categoria dos Anjos:
AYEL - Anjo da filosofia e religião, ajuda na longevidade e na preservação da raça humana e sua cultura.
AZRAEL – É um Anjo da Morte, apesar deste nome ele é um anjo celestial. Quando Deus solicitou a Gabriel que este separasse o barro para a criação do homem, Gabriel relutou assim como o Anjo Miguel. Mas AZRAEL, foi de imediato e separou o melhor barro para Deus. Por sua destreza, Deus “mais tarde” encarregou-lhe a missão de separa as almas desencarnadas e encaminhá-las ao céu. Por este motivo ele é Chamado de Anjo da Morte.
DAMABIAH - Possui poder sobre o mar, protege as pessoas que trabalham e vivem do mar; pescadores, embarcados, marinheiros... Protege contra feitiços
HABUHIAH -Atua na agricultura, criação e fecundação de animais. É um anjo harmonizador e provedor da paz.
HAIAEL - Quando invocado, fornece forças para as pessoas lutarem contra seus inimigos.
MANAKEL - Possui poder sobre a música e poesia. E grande poder para combater o ódio e acalmar as pessoas.
MUMIAH - Possui sabedoria sobre a química e grande poder contra a magia negra.
PORTUGAL – Anjo de Portugal – Anjo que acompanhou as aparições da Maria na Cidade de Fátima.
ROCHEL - Possui poder sobre a política e justiça. Também é invocada para ajudar na recuperação de objetos perdidos ou roubados.
YABAMIAH - Possui poder sobre as forças da natureza. Ajuda as pessoas a se recuperarem dos vícios das drogas e bebidas, com sua energia purificadora.

Categoria do Serafins

ACHACHIAH - Anjo da paciência e da tolerância
CAHETHAL - Anjo da Proteção Divina.
ELEMIAH - Atua na reconciliação.
JELIEL - Atua em revoltas e rebeliões.
LELAHEL - Atua na reconciliação amorosa, tem domínio sobre o amor e a cura.
MAHASIAH - Domínio sobre a filosofia e teologia, promovedor da paz.
SITAEL - Atua em revoltas e rebeliões.
VEHUIAH - Atua na área da justiça e assuntos difíceis de serem resolvidos.

Categoria dos Querubins
Os anjos querubins geralmente são representados como bebes nus e com asas.
ALADIAH - Atua na cura de doenças
HAHAHIAH - Anjo das revelações atua principalmente através dos sonhos.
HARIEL - Anjo propagador da fé religiosa.
HAZIEL - Atua na reconciliação
HEKAMIAH - Anjo protetor dos comandantes dos exércitos do bem.
LAOVIAH
- Atua no descobrimento de fraudes e segredos
MEBAHEL - Atua na área da justice e da liberdade.
YESALEL - Atua na amizade e no relacionamento conjugal.

Categoria dos Tronos:
CALIEL - Atua na descoberta da verdade
HAHEUIAH - Atua na obtenção da graça de Deus
IEIAIEL - Atua na diplomacia e no diálogo.
LAUVIAH - Anjo das revelações atua principalmente através dos sonhos. Também atua no bom sono.
LEUVIAH - Atua na memória, inteligência e na obtenção da graça de Deus.
MELAHEL - Atua no conhecimento de ervas que curam.
NELCHAEL - Atua contra a calúnia
PALALIAH - Atua na propagação da religião e da moral. Anjo das vocações.

Categoria das Dominações:
HAAIAH -Atua na diplomacia, no diálogo e nas disputas judiciais.
IERATHEL - Anjo de proteção
LECABEL - Anjo da agricultura, protege as plantações para o consumo humano.
NITHHAIAH - Atua na magia e no esoterismo.
OMAEL - Anjo da paciência e da tolerância
REYEL - Atua contra os hereges
SEHEIAH - Atua no combate a doenças e parasitas
VASAHIAH - Anjo da justiça

Categoria das Potência
Os anjos desta categoria exercem fortes influências na proteção dos animais
ANIEL - Atua nas artes e nas ciências
CHAVAKIAH - Protege e harmoniza paz na família
HAAMIAH - Protetor contra os espíritos malignos.
IEHUIAH - Protege as pessoas boas de coração
IEIAZEL - Atua na liberdade de expressão e na comunicação
LEHAHIAH - Protege as pessoas fiéis e guardiã das leis de Deus
MENADEL - Protege e mantém a pessoa em seu emprego.
REHAEL - Protetor contra o mal

Categoria das Virtudes
ARIEL – Anjo do agradecimento a Deus
ASALIAH – Anjo das leis de Deus
HAHAHEL - Atua contra os hereges, e protege a palavra de Jesus
MIHAEL – Atua na reconciliação e na harmonia conjugal
MIKAEL (anjo da virtude) -  Protege os viajantes
SEALIAH – Protege os humildes
VEULIAH – Anjo que atua contra a escravidão
YELAIAH -  Atua no judiciário, fazendo justiça

Categoria dos Principados:
CÚPIDOS – Anjos do Amor - O Cúpido é representado geralmente como um bebe nu com asas.  Ele possui um arco com flechas encantadas de amor.
DANIEL – Anjo da Misericórdia de Deus
HAHASIAH – Anjo da Elevação da Alma
IMAMAIAH – Anjo de proteção contra as pessoas cruéis
MEBAHIAN – Protetor das crianças
NANAEL – Anjo protetor dos professores e mestres
NITHAEL - Anjo da Misericórdia de Deus, Protetor dos presidentes.
POIEL – Protetor da filosofia
VEHUEL – Anjo da Glorificação de Deus

Categoria dos Arcanjos
ANAUEL – Anjo da sabedoria espiritual
HARAHEL – Atua na cura de doenças nos órgãos reprodutores – Anjo da Procriação
IAHHEL – Anjo da sabedoria e idéias
IEIALEL – Atua contra a depressão.
MEHIEL – Proteção contra os inimigos
MITZRAEL – Atua na curas espirituais
NEMAMIAH -  Protege os justos
UMABEL – Favorece a amizade e o diálogo

Lendas Pernambucanas

Passei um certo tempo para reunir todas essas lendas, mas agora entrego ao blog as lendas pernambucanas mais famosas que já conheci. Com vocês, Lendas Pernambucanas.
Lendas Pernambucanas.
1 – A perna cabeluda
A lenda da Perna Cabeluda surgiu em Recife, Pernambuco, na década de 1970, sem haver uma data realmente marcada. Muitas são as explicações sobre a origem da lenda. Uma a vincula ao achado de uma perna humana cabeluda que se encontrava boiando no rio Capibaribe, caso que por não ter sido solucionado pela polícia transformou-se em prato cheio para a imprensa. Que inicialmente alimentou a esperança de encontrar alguém capaz de clarear o assunto, e por isso perguntou em suas páginas: De onde veio a perna? De quem era ela? Como foi parar no rio? Quem a amputou? Mas em vão...  Foi quando se começou a dizer que a perna mal-assombrada corria atrás das pessoas nas ruas da capital pernambucana, tudo avalizado pelo depoimento de “testemunhas” que afirmavam terem sido perseguidas por ela. E assim continuou sendo feito por algum tempo, até que a brincadeira cansou, mas ainda continua sendo falada pelo povo.
2 – A mulher emparedada
Quase todos os recifenses que estão na sexta década de vida ou que já passaram, ouviram falar no caso, na Emparedada de Rua Nova, senão como um romance escrito pelo fundador da Academia Pernambucana de Letras, Carneiro Vilela, mas como um acontecimento trágico, o qual, por certo, marcara a vida da cidade no século XIX. Conta que uma mulher que no caso minha avó não se recorda do nome,  acha que se chama Josefina, era amante de um certo homem, que em um dia enterrou-a entre duas paredes na sua casa. O caso se tornou famoso por Josefina ser uma mulher social, vivia em festa, casamentos e acontecimentos no Recife, porem começou-se a notar a falta da mulher em festas, e daí começou a lenda, ninguém sabe se é um mito ou verdade, porém o mistério ainda rola na Rua Nova.
3 – A menina sem nome
Eis o corpo dessa menina enterrado no Recife, no cemitério de Santo Amaro, bom, no seu túmulo não há nome algum, não se sabe muito sobre esta historia como em todas as outras, porem a menina sem nome vive assombrando quem anda de carro a noite no Recife, ela passa no meio da rua e os carros acabam sofrendo acidentes para desviar da criança, no Recife, ela já é considerada uma Santa! Muitos pedidos dizem ser realizados após serem pedidos a menina sem nome.
4 – Mão fina
Se você pesquisar na internet realmente não vai conseguir achar algo sobre essa lenda, ela veio do interior onde quando as crianças ficavam com mal educação na mesa, a mão fina viria por baixo da brecha da porta puxar o pé das crianças e ate arranhá- las, bom, um pouco de mal criação e ela vem, essa era a idéia, mas claro que a mão fina realmente é uma lenda.
5 – Papa Figo
O Velho do Saco parece ser uma pessoa comum, um velho meio desfigurado segurando um saco de tecido nas cortas. Diz que esse homem pega as pessoas, desmaia elas com um pouco de Éter e logo depois as coloca no saco e então leva-as ao verdadeiro Papa-Figo, um sujeito estranho, rico, que sofre de uma doença rara e sem cura. Alguns sintomas dessa doença seriam o crescimento anormal de suas orelhas ou o corpo leproso. Diz a lenda, que para aliviar os sintomas dessa terrível doença ou maldição, o Papa-Figo, precisa se alimentar do Fígado de uma criança. Feito a extração do fígado, eles costumam deixar junto com a vítima, uma grande quantia em dinheiro, que é para o enterro e também para compensar a perda junto a família. O Papa-Figo é uma espécie de Lobisomem da cidade. Nunca muda a forma. É um homem velho, sujo, vestindo farrapos, com ou sem um saco às costas, ocupando-se em raptar crianças para comer-lhes o fígado ou vendê-lo aos leprosos ricos. É alto e magro. Conforme a região é pálido, sórdido, com barba sempre por fazer. Sai à noite, às tardes, ao por do sol. Aproveita a saída das escolas, os parques onde as babás se distraem com os namorados, as praças ensombradas. Nesses ambientes atrai as crianças com gestos engraçados, ou mostrando brinquedos, dando falsos recados ou prometendo levá-las para um local onde há muita coisa bonita. No Recife assusta muitas crianças que ficam alertas a homens de orelhas grandes.
6 – Palhaço do Coqueiro
É uma lenda do Janga (bairro de Paulista-Pernambuco). Era uma vez um homem cujo pai era palhaço muito famoso. Ele sentia orgulho do pai e também queria ser palhaço. Nos palcos do circo ele não conseguia fazer ninguém rir. Ele enlouqueceu e fugiu do circo. Todos os dias que a lua era minguante ele subia em um coqueiro para observar de lá a lua, pois ela ria para ele. Quando uma nuvem tampava o sorriso da lua ele descia do coqueiro para observar outros sorrisos. Quando encontra alguém ele começa a fazer palhaçadas sem graça e caso a pessoa não ria ele a hipnotiza, bate nela e exige que ela sorria. E assim vai até que a nuvem saia de frente da lua.
–  Comadre Fulozinha
É uma caboclinha que tem longos cabelos negros, que lhe cobrem o corpo. Consegue desaparecer sem deixar rastro e adora fazer tranças na cauda dos cavalos. Ela protege a caça contra os caçadores, desorientando-os com seus assobios e fazendo com que eles fiquem perdidos na mata. Adora receber presentes como mingau, confeitos e fumo. Para chamá-la, entre em uma mata no agreste, assovie muito mesmo e grite seu nome alto duas vezes, onde seu espírito virá te assombrar. Historia de menino num fugir para a festa de noite no interior de Pernambuco.
8 – Praça Chora Menino
No bairro da Boa Vista, centro do Recife, fica a Praça Chora Menino. Próxima ao Colégio Salesiano, à Praça do Derby e às ruas do Progresso e das Ninfas, é hoje uma simples confluência de vias. Mas sua fama e nome datam do século XIX. No ano de 1831, Recife enfrentou a revolta violenta de uma tropa insubordinada que tinha como obrigação a guarda do lugar. Soldados e civis a ela associados saquearam a cidade, cometendo todo tipo de atrocidades e assassinando centenas de moradores, entre eles muitas crianças. Essa revolta ficou conhecida como Setembrizada. As ruas ficaram repletas de corpos, e muitos deles foram enterrados no local onde hoje fica a praça Chora Menino. O nome vem de relatos que começaram a circular tempos depois da Setembrizada: dizia-se que quem passasse altas horas da noite perto da praça ouvia sempre choro de menino. Certamente tentou-se dar explicações "científicas" para o fato, de brincadeiras de estudantes a um tipo de sapo cujo coaxar seria semelhante ao choro de uma criança. Mas quem ouviu o estranho lamento nega-se a aceitar tais teorias tão pouco consistentes: o pranto fantasmagórico, por certo, não tem semelhança com sons emitidos pelos viventes.
9 - A Sedutora da Curva
Há muito tempo, quem mora no bairro de Dois Unidos, Zona norte do Recife, ouve relatos sobre o espectro de uma mulher que aparece na curva que fica próxima a uma antiga fábrica existente no local. A história mais conhecida sobre esse fantasma é a seguinte: Certo senhor, voltava para casa tarde da noite, quando já não havia ônibus circulando. Ele tinha tomado umas a mais, e por isso estava "chamando urubu de meu loro", como dizem por aí. Mesmo com a visão meio "embaçada", observou perfeitamente quando, na tal curva, aquela mulher apareceu do nada. Ela era linda e loira, muito atraente mesmo. A mulher se aproximou do sujeito, perguntou se ele tinha um cigarro para dar. O homem disse que não, mas a conversa não parou por ali. Depois de umas palavras trocadas, e de pintar um clima de paquera no ar, o desavisado senhor passou a "mão boba" nas pernas da moça. E ai percebeu que ela era magra demais. Na verdade, só tinha osso! O sujeito olhou novamente o rosto da mulher e viu uma caveira! Desesperado, ele saiu correndo e só parou na porta de casa. Bateu e tocou com veemência a campainha. Como não foi atendido prontamente, acabou derrubando a porta - tudo para tentar se esconder da terrível assombração.
10 – Cruz do Patrão
Sem dúvida, o lugar mais assombrado do Recife chama-se Cruz do Patrão. Fica onde antes existia um istmo que ligava o Recife a Olinda, às margens do Rio Beberibe. É uma coluna de alvenaria, erigida não se sabe precisamente quando, entre as fortalezas do Brum e do Buraco. Servia de baliza para os barcos que chegavam para atracar. E tornou-se ponto de encontro com almas penadas... Certamente os espíritos dos escravos arrancados de sua terra natal para perecer na jornada rumo ao cativeiro ainda vagueiam pela noite, presos pelos grilhões da injustiça. Até o século XIX, no local também eram fuzilados os militares condenados à pena capital, como o soldado João Luís dos Santos, do 1º Batalhão de Fuzileiros. Ele sucumbiu diante da saraivada de balas desferida pelos seus companheiros de farda em quatro de maio de 1850, na presença de "numerosa porção de povo", como registrou na época o Diário de Pernambuco. A Cruz do Patrão resistiu ao tempo, às investidas da maresia, à falta de cuidado que o homem tem com suas antigas construções . E, no novo milênio cristão, ela permanece, impávida, adornado com a sua beleza austera a área do Porto do Recife. Pode ser vista por quem passa na Ponte do Limoeiro, embora poucos saibam o que ela representa. O esquecimento a que está submetida seria obra dos espíritos malignos e alma penadas que habitam o lugar? Ou seria conseqüência do nosso descaso com os monumentos que preservam muito da história da cidade?
11 - Rio Capibaribe
À noite torna-se misterioso quando reproduz o brilho das luzes artificiais ou da lua cheia. Apesar de sua beleza, o Capibaribe sempre provocou temor entre os recifenses. A tradição popular fala que, naquelas águas, habitam fantasmas pecaminosos. Almas penadas de suicidas que usaram o rio como rota de fuga deste mundo cruel. Permanecem, no entanto, no limbo. No escuro da noite, seus vultos de expressões angustiadas podem ser vistos por quem se aproxima das margens mais desertas. Naquelas águas também pereceram banhistas desavisados que não resistiram à força das correntezas. Seus corpos eram encontrados quilômetros adiante, inchados e roídos pelos peixes. Seus espectros esbranquiçados ainda aparecem para pedir socorro aos viventes.  Na década de 70, o Capibaribe transformou-se num verdadeiro monstro aos olhos dos moradores da cidade. Durante os períodos de chuva, o rio transbordava trazendo destruição e, muitas vezes, morte. Quando as águas baixaram e os recifenses começavam a voltar para suas casas, deu-se um dos episódio mais insólitos da história pernambucana. O boato de que a barragem de Tapacurá havia estourado levou a população a concluir que o Capibaribe viria com mais força e cobriria toda a cidade. Instaurou-se o pânico generalizado e as pessoas corriam em desespero pelas ruas: uma cena dantesca que parecia antecipar o fim-do-mundo ou imitar o cinema catástrofe americano que estava em voga na época. O boato foi desmentido, as enchentes foram contidas nos anos seguintes e o Capibaribe permanece adormecido desde então. Mas não é exagero dizer que “O cão sem plumas” – como o rio foi chamado pelo poeta João Cabral de Melo Neto – merece respeito e reverência.
12 - O Mangue da Torre
Dizem que ele se faz notar com uma risada estridente e cavernosa, "como se fosse a gargalhada de uma bruxa, que vai levar sua alma", revelam alguns. Não se pode definir a origem do som misterioso - ecoa como se viesse dos meio do arbustos que crescem por alí. E o fenômeno se repete sempre por volta da meia-noite. Uns poucos já se atreveram a tentar descobrir de onde vem a tal gargalha. Na maioria das vezes, nada viram e voltaram apavorados.
13 – Bairro de Afogados
O nome do local já tem uma origem macabra. Segundo o pesquisador pernambucano Leonardo Dantas Silva - no livro Arruando Pelo Recife - ali existia um afluente do Capibaribe chamado Rio dos Afogados “onde , em 17 de fevereiro de 1531, sete marinheiros da expedição de Martin Afonso de Souza vieram a perecer”. No começo da década de 60, uma assombração em particular trouxe medo à vida dos moradores de Afogados. Era uma bela mulher, de cabelos escuros, vestida com roupas decotadas e chamativas que caminhava sozinha pelas ruas do bairro nas horas mortas. Sem pudor, se insinuava para todo tipo de homem que cruzasse o seu caminho - jovem ou velho, solteiro ou casado, pobre ou rico. Quando o desavisado caia em seus encantos, era levado para um beco escuro. Ao se entregar às caríciais da moça, a vítima descobria que estava abraçado a uma caveira! Os corajosos ainda saíam correndo em pânico. Os covardes só eram encontrados pela manhã, desacordados.
14 - Teatro de Santa Isabel
No coração do Recife, em frente à Praça da República, ao lado dos Palácios do Governo e da Justiça, fica o imponente prédio do Teatro de Santa Isabel, um primor da arquitetura neoclássica do século XIX. Foi construído pelo engenheiro francês Louis Lérger Vauthier entre 1841 e 1850. Mas, por trás de uma fachada imponente, cheia de significados para a história de Pernambuco, o Teatro de Santa Isabel esconde mistérios insondáveis. Nos camarins, na platéia, nos corredores e camarotes, desfilam visagens e são ouvidos sons arrepiantes que se confundem com as muitas lembranças guardadas no prédio. "O que se murmura entre os empregados antigos e discretos do Santa Isabel é que em noites burocraticamente silenciosas se ouvem, no ilustre recinto, ruídos e aplausos, palmas, gritos de entusiasmo de uma multidão apenas psíquica. Mas sem que se possa precisar a que ou a quem são os seus aplausos de bocas e mãos que não aparecem."

São Cipriano

*Aviso no Livro de São Cipriano*
Para que você goze todos os benefícios que este livro lhe poderá dar, é necessário que siga à risca a recomendação de São Cipriano, que afirma no Prefácio de seu manuscrito: "Este livro não poderá ser emprestado a ninguém; deverá pertencer exclusivamente a quem o adquiriu, não podendo fazer uso dele nenhuma outra pessoa, nem mesmo por parentesco de sangue ou que resida na mesma casa. Se esta advertência não for seguida à  risca, nenhum benefício lhe será dado". Esta advertência de São Cipriano é compreensível, se levarmos em consideração que na época em que viveu, fornecia seus conhecimentos mediante consulta. Portanto, este livro representa EXCLUSIVAMENTE UMA CONSULTA DA PESSOA QUE O ADQUIRIU. É aconselhável que, após ter sido feito o uso necessário do mesmo, ele seja destruído ou então conservado em lugar inviolável.

*QUEM FOI*
A figura de São Cipriano mago é lendária. Deve ter sido criada no século IV e na Ásia Menor para ilustrar um tema caro aos antigos: a do feiticeiro que vende a sua alma ao diabo, mas se converte a Cristo. A figura de Cipriano mago, associou-se à lenda de Justina, virgem a mártir, também para ilustrar um tema muito estimado pelos cristãos: a da virgem que supera as armadilhas do homem que a quer seduzir. 0 autor da lenda deu ao mago convertido o nome de Cipriano, que era do famoso bispo de Cartago martirizado em 258. 0 recurso a este nome obteve mais estima e crédito para a lenda, que na Idade Média foi corroborada pela introdução de S. Cipriano e S. Justina no calendário litúrgico (aos 26/09). 0 "Livro poderoso de S. Cipriano" tem seu núcleo já no século IV, quando se difundiam as "Preces de Cipriano", utilizadas quase como fórmulas mágicas.
Popularmente fala-se muito do um São Cipriano mago, que teria deixado um "Livro Poderoso": "lido para a frente, lido para trás"... esse livro provocaria fenômenos estranhos: as vacas parariam de dar leite, os animais adoeceriam, os homens seriam prejudicados. Daí as perguntas: Quem foi S. Cipriano mago? Quando viveu? Que Livro Poderoso deixou?... É o que vamos examinar.
1. São Cipriano e seu Livro 
A história conhece um S. Cipriano que foi bispo do Cartago, no Norte da África entre 249 e 258. Deixou numerosos escritos teológicos, hoje em dia editados, que nada tem a ver com magia ou ocultismo. Gozou de grande fama e estima após a sua morte, pois foi um mártir heróico, que marcou a Igreja do seu tempo. A sua festa é celebrada a 16 do setembro.
Aos 26 de setembro o Martirológio Romano (= Catálogo de Mártires) assinalava a festa dos mártires S. Cipriano e S. Justina. A história dessas figuras é narrada em grego, latim, sírio, árabe, etíope, copta e pálio-slavo – o que bem mostra quanto os antigos valorizavam esses dois personagens. Essas várias versões não coincidem sempre entre si; ao contrário, divergem por vezes. A mais antiga delas, a grega, refere o seguinte sob o título abaixo:
1.1. "Conversão de São Cipriano"
No começo do século IV, em Antioquia da Síria o diácono Prailio pregava as verdades da fé, quando uma jovem chamada Justa o ouviu a partir de uma janela e ficou impressionada. Ela contou o fato à sua mãe Cledônia, que, por sua vez, o relatou a seu marido Edésio. A família ficou perplexa, sem saber a que faria; todavia na noite seguinte apareceu-lhes Jesus Cristo com seus anjos e lhes disse: "Vinde a mim e eu vos darei o reino dos céus". Em conseqüência, chegado o dia, pai e mãe levaram a filha ao diácono Prailio, que os apresentou ao bispo Optato. Este os batizou e ordenou sacerdote Edésio, que era pontífice de um culto pagão. Edésio morreu dezoito meses depois; Justa entrementes freqüentava assiduamente a igreja, onde um jovem, de nome Aglaidas, a via muitas vezes passar e se apaixonou por ela. Pediu-a em casamento; mas Justa recusou-se, dizendo que queria permanecer virgem. Então Aglaidas, acompanhado do amigos, colocou-se no sou caminho, vedando-lhe a passagem; queria raptá-la. Mas as mulheres que acompanhavam Justa, puseram-se a gritar tanto que os servidores e vizinhos acorreram, pondo os agressores em fuga.
Aglaidas não desistiu do seu intento. Sabia que existia um mago poderoso chamado Cipriano; foi procurá-lo, prometendo-lhe dois talentos (grande quantia), caso conquistasse o coração de Justa para o seu pretendente. Cipriano então evocou um demônio... Este lhe entregou um veneno, que devia ser espalhado em torno da casa da moça. Quando esta se levantou para rezar, sentiu o ataque do Maligno; mas logo fez o sinal da Cruz sobre si e sobre a casa e orou fervorosamente ao Senhor. A vista disto, o demônio comunicou a Cipriano que a tentativa fora malograda. 0 mago, querendo salvar sua fama, chamou outro demônio, mais poderoso; também este foi vencido, mas não quis revelar a Cipriano o artifício que o desbaratara.
O mago, ainda mais ardoroso, evocou o pai dos demônios, que lhe apareceu, prometendo-lhe entregar a moça dentro de seis dias. Apresentou-se o tentador a Justa sob a aparência de uma jovem... Esta declarou a Justa que Jesus Cristo a enviara para levar com Justa uma vida perfeita. E acrescentou: "Que recompensa esperas receber por guardares a virgindade? Vejo-te esgotada pelos jejuns". Ao que Justa respondeu: "O fardo é leve, mas a recompensa é enorme". Prosseguiu o Maligno ainda disfarçado: "No começo Deus abençoou Adão e Eva, dizendo-lhes: “Crescei, multiplicai-vos, e enchei a terra'. Parece-me que, se perseverarmos na virgindade, desprezaremos a palavra do Deus e seremos tratadas como rebeldes no dia do juízo final'. Justa sentiu-se abalada por esta observação, mas recuperou-se e, fazendo o sinal da cruz com oração, soprou sobre o demônio, que fugiu.
Cipriano então pediu ao Maligno que lhe dissesse por que e como fora derrotado. O demônio só consentiu em falar depois que Cipriano lhe jurou que permaneceria sempre fiel ao demônio. Confessou, pois, que o poder do sinal do Crucificado ultrapassava o poder das trevas. Isto enfureceu Cipriano, que tratou o diabo de mentiroso; mandou-lhe que se retirasse; quando o Maligno quis pular sobre Cipriano para sufocá-lo, Cipriano o repeliu fazendo o sinal da Cruz. A seguir, foi procurar o bispo Antímio, a quem pediu que o instruísse na fé cristã e, ao voltar para casa, destruiu os seus ídolos.
No dia seguinte, que era Sábado Santo, Cipriano voltou à igreja, onde ouviu leituras sagradas e a homilia do bispo. No momento em que o diácono Astério convidava os catecumenos para se retirar, Cipriano ficou na igreja para grande surpresa do diácono, que insistiu dizendo: "Cipriano, levanta-te e sai". Replicou Cipriano: "Tornei-me servidor de Cristo e tu me expulsas!" Então o bispo, informado do caso, batizou Cipriano. Oito dias depois, deu-lhe o ministério do leitor; vinte e cinco dias mais tarde, fê-lo ostiário e subdiácono; cinqüenta dias depois, diácono e, finalmente, no fim do ano, presbítero. Passados dezesseis anos, Antímio estava para morrer e obteve que Cipriano lhe sucedesse na função episcopal. Feito Bispo, Cipriano terá promovido a jovem Justa ao cargo do diaconisa; trocou seu nome pelo de Justina e a fez Superiora de uma comunidade monástica. O resto da vida do Cipriano terá sido dedicado a combater as heresias.

*CASOS BIZARROS LIGADOS AO LIVRO*
Folha - 15/11/2005 - 20h43
Mais uma jovem indígena do Amazonas tenta suicídio
Mais uma jovem indígena tentou o suicídio em São Gabriel da Cachoeira (AM). Segundo a Delegacia de Polícia Civil, a morte da adolescente D., 16, foi impedida porque um amigo dela avisou a polícia de que a garota havia selado um pacto de morte com outros dois menores.
Entre outubro e novembro, três jovens indígenas cometeram suicídio por enforcamento em São Gabriel da Cachoeira, cidade na fronteira com a Colômbia e a Venezuela, localizada a 850 km de Manaus.
Outros quatro jovens, além de D., tentaram suicídio durante esse período. A polícia investiga a existência de uma lista que estaria circulando na cidade e que relaciona pelo menos 20 adolescentes que também cometeriam suicídio.
O motivo da seqüência de suicídios e das tentativas de suicídio ainda não foi identificado. Há duas versões em investigação: a existência de uma seita de jovens que se encontra em cemitérios à noite e que teria feito um pacto de morte e a de que um homem, que se faria passar por um pastor, estaria incentivando os jovens a se matar.
Segundo o delegado Prudêncio Brisolla Corrêa, D. foi encontrada ontem à noite sozinha em sua casa, no bairro Areal, quando a polícia chegou. No local, investigadores encontraram uma corda.
"Encontramos ela em casa muito assustada, descontrolada. Ela disse que morreria ontem e que no outro dia [hoje] outra garota se mataria", disse um investigador, que não quis se identificar.
Ele afirmou que os policias estão em alerta, já que não se sabe os nomes dos outros adolescentes que poderiam cometer suicídios.
A menina D. estudava na Escola Estadual Irmã Inês Penha, onde também estudavam os três índios que se mataram. O primeiro suicídio foi da menina R.,13, em 11 de outubro. O segundo, dia 24, da adolescente M., 12,. O último, do jovem D.,14, aconteceu na quinta-feira passada.
"Os pais do garoto que morreu foram a casa da menina D. e conversaram muito para ela desfazer essa idéia de morrer", disse o investigador que esteve na casa da garota.
A Delegacia Civil de São Gabriel da Cachoeira diz que tem apenas quatro policiais para investigar crimes que ocorrem na cidade de 30 mil habitantes, sendo que 90% são indígenas, das etnias tukanos, barés, werekena e baniwas. O juiz da cidade, Rene Gomes da Silva Junior, pedirá reforços para a Secretaria Estadual de Segurança Pública.
A maioria dos indígenas que vive em São Gabriel se desagregou das aldeias isoladas do alto rio Negro em busca de emprego na cidade, vivendo em bairros da periferia em condições precárias de saneamento e abastecimento de água. Muitas jovens são mães solteiras, rejeitadas pelas aldeias porque se envolveram com não-índios.
A polícia, a Funai (Fundação Nacional do Índio), a Funasa (Fundação Nacional de Saúde), o governo municipal e representantes de organizações da cidade montaram comissões para investigar o caso dos suicídios e também para dar apoio aos jovens e a suas famílias.
No sábado, mais de mil pessoas participaram de uma caminhava pela vida. Hoje, a presidência da Funai, em Brasília, informou que estuda a possibilidade de acionar a Polícia Federal para investigar os casos.
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u73918.shtml 
____________________________
Agência Estado - 17:06 - 14/11/2005 
Onda de suicídios assusta cidade do Amazonas 
Três adolescentes cometeram o suicídio e outros três tentaram se matar por enforcamento nas últimas duas semanas em São Gabriel da Cachoeira, a 858 quilômetros de Manaus. Os seis estudavam na mesmo local: Escola Estadual Irmã Inês Penha. Está sendo investigado pela Polícia Civil local a possibilidade de eles estarem lendo livros supostamente usados em rituais de magia negra.
Os três mortos, duas garotas de 12 e 13 anos e um rapaz de 14 anos, se enforcaram com cordas em suas casas, sempre à noite, em momentos em que estavam sozinhos. Segundo a secretária de Ação Social do município, Clarisse Viana Peres, "Todos tinham problemas familiares, e estamos enviando psicólogos e assistente social para ajudar às famílias dos mortos e dos que tentaram o suicídio", afirmou.
Na manhã de sábado, cerca de mil pessoas fizeram uma passeata pela valorização da vida nas ruas do município, segundo a secretária. De acordo com Peres, há dois anos seis indígenas cometeram suicídio no município, mas as causas estariam ligadas ao alcoolismo.
De acordo com uma professora dos adolescentes, que não quis se identificar, dois deles eram amigos e andavam com livros de São Cipriano. Os três, segundo a professora, deixaram cartas de despedida às famílias com o mesmo teor, dizendo que estariam sendo "chamados".
Fonte: http://noticias.aol.com.br/ciencia_e_tecnologia/fornecedores/age/2005/11/14/0004.adp (link corrompido)
________________________________
Em nenhuma reportagem é citada essa ACISO (Ação Cívico Social) que o Exército desempenha sempre, continuadamente e por todo o Brasil.
Como o que vende mais é falar e acusar a Instituição sobre tempos de Ditadura, o assunto das ACISO é convenientemente deixado de lado.
Recebi esse e-mail de um colega...
REPASSANDO mensagem RECEBIDA, VERSANDO SOBRE ATIVIDADES DO EXÉRCITO NA AMAZÔNIA.
Desde outubro deste ano, 3 crianças se suicidaram aqui na cidade de São Gabriel da Cachoeira. Entre elas, há em comum diversos fatores: estudavam na mesma escola, na mesma sala de aula, moravam no mesmo bairro e todas se suicidaram por enforcamento. De lá para cá, cerca de 40 crianças entre 11 e 17 anos tentaram se suicidar também por enforcamento. Como uma  medida de emergência, tomei a iniciativa de colocar todas essas crianças "trabalhando" no hospital, como uma espécie de terapia ocupacional.
Conversando com essas crianças, surgiu a suspeita (ainda não confirmada) de que poderia existir um adulto incentivando estas tragédias e uma seita satânica poderia estar por trás de tudo. Quase todas essas crianças se reuniam no cemitério do local para realizar um ritual baseado num livro de bruxarias e fizeram desenhos macabros e cheios de simbolismos em túmulos, paredes e folhas de papéis, além de diversas cartas de despedidas para serem entregues quando morressem.
Felizmente, desde que abraçamos estas crianças aqui no Hospital do Exército, não houve mais nenhuma morte. Estamos hoje com cerca de 30 crianças, todas com uniforme próprio dado por nós do Exército. Tomam café conosco, lancham e algumas almoçam também. E tudo isso sem nenhum outro apoio de nenhum outro órgão (Estado, Prefeitura, etc.). Já estão planejadas para elas, oficinas de teatro, música, dança, artesanato e outras atividades com esses jovens.
Faço esse desabafo para mostrar que nós, do Serviço de Saúde do Exército, lutamos para salvar vidas. Enquanto uma parte da imprensa insiste em colocar fatos negativos e isolados para denegrir a imagem do Exército, estamos aqui no meio da Selva Amazônica dando esperança de vida a dezenas de crianças, graças ao nosso amor ao nosso país e ao nosso povo. Hoje, vários  jornais do Brasil já publicaram matéria sobre esses trágicos acontecimentos, além do rádio e da TV. Mas gostaria de ressaltar que o nosso trabalho aqui é integral, é anônimo e é recompensador! Por esse motivo resolvi enviar este mail, para que vocês saibam que aqui, além de proteger as nossas fronteiras, o Exército também salva vidas!
Cid Bernardes Sgarbi - Major Médico

“BREVE ENVIAREI OUTRAS HISTÓRIAS LIGADAS AO LIVRO E SEUS MISTÉRIOS”

Fonte: Cleofas / Fórum CasemodBR / Livro São Cipriano O Bruxo - Capa Preta

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

New Orleans


Eu estive em New Orleans, localizada no estado da Lousiana-U. S. A, no ano de 2002. É uma cidade surpreendente, tanto pela arquitetura antiga como pelas histórias impressionantes.
A explicação para o título de "cidade mais assombrada" se deve ao fato de as pessoas acreditarem que espíritos e fantasmas habitam a região do French Quarter, um dos bairros mais antigos. Suas casas e estabelecimentos comerciais mantêm a arquitetura da época da colonização, em estilo Francês e Espanhol.
Toda construção no French Quarter tem uma história de fantasma ou até um habitante fantasma.
Uma das histórias mais famosas  do French Quarter é de Julie, uma jovem de origem Creoule (mistura entre americanos, franceses e africanos), que se apaixona por um homem francês. Os fortes preconceitos raciais da época não permitiam o casamento entre eles. Para ter uma prova desse amor, e provar que ela poderia enfrentar o preconceito, caso se unissem, ele pediu a ela que passasse uma noite nua no telhado da casa onde ela morava numa noite de inverno. O homem não esperava que ela aceitasse a oferta, mas, horas mais tarde naquela mesma noite chuvosa, ele a encontrou morta no telhado, congelada pelo frio. E assim, desde 1840, nas noites de frio e chuva de dezembro, as pessoas acreditam ver o fantasma de Julie no telhado da sua casa a espera do seu amado.
Outro caso famoso é de uma família Creoule que, mesmo depois da abolição dos escravos ainda mantinha alguns em sua residência. Eles eram muito mal tratados. Um dia a casa pegou fogo e os escravos estavam acorrentados na casa. Os donos fugiram e os deixaram lá, para morrerem carbonizados. Depois desse incidente, pessoas que passam pela casa a noite dizem ouvir os gemidos e as correntes dos escravos que morreram na casa.
Os inúmeros cemitérios e a prática do Voodoo também contribuem para a imagem macabra que a cidade tem. Criada pelos escravos, a religião do Voodoo tinha como figura principal Marie Laveau, considerada a rainha do Voodoo em New Orleans. Ela era muito respeitada até pelas pessoas mais poderosas da época.
A magia continua também na literatura. Uma das moradoras mais notórias da cidade é Anne Rice, escritora famosa de contos sobre bruxas e vampiros. Uma de suas obras mais conhecidas é "Entrevista com o Vampiro", que virou filme cuja história se passa em New Orleans.
É por todos esses motivos e seu cenário característico que New Orleans oferece até mesmo "ghost tours" por suas ruas e cemitérios.
Nota: "New Orleans é uma cidade maravilhosa. A arquitetura antiga e as ruas estreitas dão um tom obscuro sobre o French Quarter. Um fato que me intrigou muito é uma das fotos batidas nas Plantations (Plantações dos antigos fazendeiros). No meio das árvores, aparece uma imagem parecida com a de uma mulher negra com um vestido longo bem no centro da foto. Conforme as palavras de um amigo, "Muitas pessoas que vão a New Orleans já viram fantasmas por lá". Não tenho certeza do que está na foto. Cabe a quem ver interpretar e julgar. O círculo na parte direita é uma ampliação da figura que aparece no centro da foto."

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O mistério do triangulo das bermudas

O Triângulo das Bermudas é uma uma área de 3.900.000 quilômetros quadrados no Oceano Atlântico, circundada pelo litoral do sul da Virgínia, as Ilhas Bermudas e as ilhas Flórida. Esta região tem um estigma de ser acometida por vários tipos de acontecimentos sobrenaturais. Foram constatados diversos desaparecimentos de aviões, barcos de passeio e navios.

Uma das possíveis explicações para estes fenômemos são os distúrbios que esta região passa, no campo magnético da Terra. Um dos casos mais famosos é o chamado vôo 19.
Muito embora existam diversos eventos anteriores, os primeiros relatos mais sistemáticos começam a ocorrer entre 1945 e 1950.

Muitos séculos antes de serem produzidos os incidentes aéreos e marítimos da década de quarenta e até a atualidade, esta região, e além do cabo Hatteras, as costas da Carolina do Norte e do Sul e o estreito da Flórida, já eram conhecidas com outros nomes fatídicos, como o "Cemitério dos Barcos" e "Mar dos barcos perdidos". Durante cento e cinqüenta anos, e ainda antes de existirem casos arquivados, haviam sido verificados estranhos desaparecimentos e até desintegrações de aparelhos. No entanto, foi a partir de 1945, como conseqüência das perdas massivas que começaram a ser produzidas, quando os pesquisadores começaram a dar importância à zona e a estudar as características das misteriosas desaparições.

O Triângulo das Bermudas
Previamente vieram os ovnis
Além disso, na maior parte dos casos, antes haviam sido produzidas visões de objetos com luzes de distintas cores e intensidades durante a noite e foram comprovadas anomalias magnéticas nos aparelhos de controle das naves, tanto de barcos como aviões.
Talvez o motivo principal para que sejam produzidos tantos casos no Triângulo ou Limbo é que por ali as oportunidades de capturar exemplares humanos são inúmeros, já que em geral, os presumidos visitantes parecem evitar aterrizagens e contatos com seres humanos.

A zona está constantemente povoada de viajantes por mar e por ar, e seria fácil para os estranhos visitantes entrar e sair dali. Segundo sua opinião, a força motriz dos OVNIa poderia ser baseada na utilização, muito tecnológica, das freqüências radiais como propulsor. Isto explicaria, claramente, as anomalias eletrônicas verificadas em quase todos os incidentes registrados.
Se existem algumas coincidências entre os pesquisadores acerca desta teoria extraterrestre, não acontece o mesmo com a procedência e motivações que teriam estes capturadores.

Perturbações eletromagnéticas

M.K. Jessup, autor de considerável preparação científica por ser astrônomo e especialista em selenografia, opinou em seu livro "O caso dos OVNIs", "que o desenvolvimento de nossa era aeronáutica é de grande interesse para nossos vizinhos do espaço" e que por isso é explicado o crescente número de aparições de OVNIs concentrados na zona do Triângulo, situada frente a costa da Flórida e ao redor de Cabo Kennedy.

Segundo as teorias de M.K. Jessup, a resposta ao mistério do Triângulo das Bermudas "é encontrada talvez nas aberrações de controles eletromagnéticos, que são evidenciados somente em algumas épocas, quando são ativadas por casualidade ou de propósito, e parece possível que a presença dos OVNIs dá crédito às cargas de energia requeridas".
Quanto ao lugar de procedência destas naves, nada se sabe, mas alguns teóricos opinam que a fonte de visitas poderia ser encontrada mais próxima da Terra, talvez em seus próprios oceanos.

Possibilidade de um rasgão do tempo

Novamente estamos ante um enigma que sugere fantásticas hipóteses aos investigadores. Desde a presença de entes do espaço exterior ou interior que capturariam a seres humanos, até a existência de um buraco dimensional no céu, no qual os aviões pudessem entrar, mas de onde não podem sair, denominado "rasgão magnético na cortina do tempo", passando pela crença em certos vértices ou redemoinhos magnéticos que seriam a causa da desaparição de aviões, transportando-os a outras dimensões.

Acredita-se, é a área mística de Atlântida, o lendário paraíso perdido nas Bermudas que tinham os cristais com os poderes estranhos podem atrair os navios e os aviões, como o teletransportação.
Mais ou menos, as semelhantes de ilha misteriosa de Lost...

Possuida até a morte

Tudo aconteceu no ano de 1930, na cidade de Itagí, Bahia.Bom, era um dia normal, os homens da fazenda estavam trabalhando, as mulheres cuidavam das tarefas domésticas... tudo corria bem normal. No começo da tarde a Beatriz, uma prima de minha mãe, foi ao lago lavar algumas roupas, fato que desagradou meu tio, o pai de Beatriz. Ela tinha 16 anos, era muito bonita e chamava a atenção dos rapazes pela sua beleza.
O lago era perto, mas tinha muitas árvores de jatobá pelo caminho que se tornava perigoso para uma moça sozinha, então o meu tio foi atrás dela... mas procurou e não a encontrou. Ficou louco a procurar, e nada de Beatriz. Anoiteceu e todos a procuravam... Passaram-se horas, dias, semanas... e nada! A fazenda e a cidade toda a procurava e nada. Foi quando um senhor que passava pelo caminho do lago avistou uma moça sentada debaixo de um pé de jatobá com as características de Beatriz e chamou o pai dela. Todos foram ao local e a encontraram com a mesma roupa, limpa, cabelos arrumados, como estava no dia do desaparecimento, mas tinha algo estranho... ela estava completamente bêbada, com o olhar distante e bêbada, mas no local não tinha nada, garrafa de nada.
Bom, Beatriz foi para casa sem pronunciar uma palavra, não falava nada. Quando amanheceu todos ficaram surpresos. Alguns animais estavam mortos como se alguém tivesse comido parte de seus corpos. Quando entraram no quarto de Beatriz ela estava lá parada com víceras de uma galinha nas mãos e toda ensanguentada, rindo, com uma personalidade completamente diferente. Não era Beatriz...
Foi um verdadeiro susto para todos. Então ela começou a assumir diversas personalidades e matava os animais da fazenda passando ao ponto de ser pega comendo animais mortos já em decomposição. Ficou assim durante dias até recobrar a conciência e relatar o que houve com ela. O que ela falou não era nada demais, simplesmente que estava passando debaixo de uma árvore e ouviu alguém chamar pelo seu nome... e não lembrava de mais nada.
No dia seguinte Beatriz teve um surto. Quebrou tudo, voltou a assumir uma personalidade demoníaca que se arrastou por longos dias até o seu falecimento, morrendo de causas desconhecidas amarrada em uma cama.